Conteúdo Gratuito
Sem categoria

Seremos imortais?

Uma das frases mais conhecidas e repetidas pelo ser humano é, “A única certeza da vida é a morte”. Será mesmo? Para muitos cientistas, essa frase tem uma data de validade, pois acreditam que um dia o avanço tecnológico será tão grande que iremos atingir a imortalidade. Vamos apresentar alguns motivos para acreditar nessa hipótese.

Se você tem menos de 40 anos hoje, provavelmente poderá se tornar imortal devido aos avanços tecnológicos futuros, a não ser que pegue uma doença realmente muito séria. É nisso que o Doutor Ian Pearson acredita, que até 2050 atingiremos a imortalidade, tornando a morte uma opção.

Imprimir órgãos 3D

As impressoras 3D já são uma realidade há alguns anos. Capazes de imprimir diversas peças e baratear o custo de várias indústrias, as impressoras já estão agindo em prol da medicina e daqui a alguns anos, trabalharão a favor da nossa saúde.

Hoje em dia, é muito difícil conseguir um transplante de órgãos. Além do elevado valor, a demanda é muito alta para uma oferta tão pequena. A quantidade de pessoas que possuem a cultura de doar seus órgãos após a morte ainda é bem baixa em relação à necessidade de transplantes.

Por isso a impressão de órgãos 3D é uma possibilidade que já está sendo testada em diversos países pelo mundo, por muitos cientistas. Médicos já estão utilizando modelos impressos para planejar melhor as cirurgias. Dessa forma, poderão treinar em órgãos de plásticos antes de começar a operar pessoas. Estima-se que o tempo da cirurgia e os riscos de complicações diminuam.

E isso é só o começo. Esses primeiros modelos servem de protótipos para que, no futuro, consigamos imprimir esses órgãos utilizando células reais, aumentando a possibilidade do prolongamento da vida e barateando os custos, já que o acesso aos órgãos será mais fácil, bastará imprimir.

Medicamentos antienvelhecimento

Imagina poder tomar um remédio que ajude a retardar o envelhecimento? Com certeza esse é o sonho de muita gente, e ao que tudo indica, essa é uma das possibilidades do futuro. Pesquisadores já estão estudando um fármaco muito utilizado como imunossupressor. Por meio de pesquisas, descobriu-se que o uso pode ajudar a aumentar a expectativa de vida de alguns seres vivos, como camundongos e vermes.

Os estudos realizados até o momento revelaram um aumento de 14% no tempo de vida, mas ainda não se sabe se esse tipo de fármaco realmente pode se transformar em algum tipo de elixir da vida eterna.

Sangue rejuvenescedor

Depois de vários estudos, cientistas descobriram em 2005 que o sangue de ratos novos era capaz de regenerar tecidos musculares de ratos mais velhos. Já em 2014, foi descoberto que uma proteína isolada do sangue dos ratos jovens tinha a capacidade de aumentar a cognição e a resistência.

Pela primeira vez na ciência foi descoberto um fator de rejuvenescimento produzido naturalmente. Uma proteína conhecida como GDF11, responsável por regular as atividades estaminais é a responsável. Os ratos mais jovens possuem abundantemente essa célula, mas com o envelhecimento a quantidade da célula vai diminuindo.

Dessa forma, os cientistas possuem esperanças de que, no futuro, poderíamos adicionar alguma proteína do tipo em nosso sangue no intuito de aumentar a nossa resistência e, consequentemente, nossa longevidade.

E aí? Gostou de saber sobre essas buscas científicas para atingirmos a imortalidade? Quer aprender mais conteúdos como este? Então, participe da nossa Imersão Vida FERA e descubra como ter mais resultados em sua vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound
Cart Overview